A cidade de Nápoles é abençoada por 300 dias de Sol por ano e por ser emoldurada pelo mar, recebe uma brisa mesmo nos meses mais quentes. O clima é mediterrâneo e, a não ser por momentos de chuva que podem atrapalhar a viagem, esse destino tem seu tempero especial para qualquer estação do ano, literalmente.

Nessa matéria, falamos sobre cada uma dessas estações, suas respectivas festividades e assim ajudamos você a decidir qual a melhor época ideal para conhecer Nápoles. Vale dizer que o inverso também faz sentido: decidir a época possível e assim aproveitá-la da melhor maneira.

 

☞ pular para…

QUANDO IR A NÁPOLES

Para uma cidade de clima temperado, muito solar e que é emoldurada pelo mar, fica difícil dizer que o verão não é a melhor época para se visitar. Mas assim pensam quase todos, e por isso, é um momento em que a cidade está muito cheia. Por isso, vale também lembrar que cada estação tem sua beleza, e compartilhamos algumas delas para você escolher.

VERÃO EM NÁPOLES

Começando do auge: o verão napolitano. Por ser uma cidade emoldurada pelo mediterrâneo, não é difícil imaginar que essa seja a melhor estação do ano. Mas assim pensam muitos turistas que, por sua vez, lotam a cidade e deixam o caos ainda mais caótico. Contudo, Se as praias estão lotadas, também significa vida noturna agitada e isso pode interessar a muitos viajantes que visitam a cidade.

Mas é impossível competir: mesmo com todos os monumentos imperdíveis da cidade e as festividades do verão, a praia é a grande atração do momento. Afinal, durante 30 de março a 24 de maio, as temperaturas estão entre 20°C e 30°C.

Entre os programas especiais da temporada, recomendamos o passeio ao longo do Lungomare — o calçadão à beira-mar que embala a baía de Mergellina até a Via Partenope. Como está fechado ao trânsito, a ideia é fazer uma caminhada ou andar de bicicleta antes de se sentar em um café ou restaurante para observar os transeuntes.

Além do Lungomare, outro local para curtir o lifestyle litorâneo de Nápoles é Posillipo, uma das zonas mais lindas da cidade. Visitá-la no inicío da noite e curtir o entardecer em um de seus estabelecimentos charmosos é ter a certeza de que terá outra percepção de Nápoles que não somente aquela caótica e barulhenta.

OUTONO EM NÁPOLES

Nem tão quente, mas ainda ensolarada; nem tão cheia, mas com a energia napolitana forte: o outono significa alguns graus a menos do que a alta temporada, em todos os sentidos, mas mais próximo do equilíbrio ideal. O outono vai de 23 de setembro e vai até 20 de dezembro, e é considerada uma das melhores estações para visitar a cidade.

Um dos pontos altos do outono é setembro, quando acontecem duas das grandes festas tradicionais de Nápoles. Setembro é o primeiro mês da estação, logo após o fim do verão, quando clima segue ensolarado, mas as ruas já não estão tão lotadas como em julho e agosto. E, nesse momento, acontece o PizzaFest, quando a cidade é tomada por pizza, de concursos a workshops e música ao vivo; e o outro evento é em homenagem ao santo padroeiro da cidade, o San Gennaro.

Com um clima mais agradável, com temperaturas que variam de 15°C a 25°C, são muitas maneiras e motivos para apreciar o pôr do Sol. Dentre as mais famosas, devido à sua localização próxima do centro histórico, estão as vistas do Castel Sant’Elmo e do Castel dell’Ovo. Além delas, outra que merece destaque é o Parco Virgiliano em Posillipo, onde há o contraste entre o verde do parque, o azul do mar e o vermelho do Vesúvio.

Além disso, é nesse momento que acontecem as colheitas de vinho! Para isso, você pode considerar a Península Sorrentina; Irpinia (Província de Avellino); e a própria região do Versúvio.

INVERNO EM NÁPOLES

Não é tão frio assim, ainda vale a pena e tem seu próprio charme. O inverno de Nápoles, que acontece de 21 de dezembro de 2024 a 20 de março , tem temperaturas entre 5°C e 15°C.

A temporada de inverno também é a temporada das feirinhas de Natal. Inclusive, a cidade é conhecida por sua tradição napolitana de criar elaborados presépios (presépios) Depois do Natal, vem logo o ano novo, com direito a fogos e outras celebrações. Aliás, acontece também no inverno, no mês de Fevereiro, o Carnaval napolitano. Apesar do clima frio de inverno, a celebração é colorida, com pessoas fantasiadas e festas espalhadas pela cidade, além do tradicional desfile. De Villa Literno a Palma Campania, a festa toma conta da cidade. Arte, cultura e, claro, comida! A cidade é palco de muitas atividades culturais durante o final de semana.

E se o clima é mais frio, as atividades indoor ficam ainda mais atraentes. Aliás, indoor é pouco: te convidamos a conhecer a Nápoles subterrânea! Existe uma Nápoles enterrada a alguns metros abaixo dela, a Napoli Sotteranea, da época dos gregos e romanos e que funcionava até poucos anos após o fim da Segunda Guerra Mundial. Atualmente, parte dessa cidade subterrânea pode ser visitada, como é o caso da Galleria Borbonica, um museu dentro de um museu que convida para uma viagem emocionante e evocativo.

Uma outra experiência de inverno ideal é conhecer a ópera continuamente ativa mais antiga do mundo! O Teatro San Carlo foi inaugurado em 1737 sob as ordens de Carlo III e desde então tem apresentado espectáculos de classe mundial. Situado em uma bela construção de estilo neoclássico, o seu estilo é, na verdade, fruto de uma reconstrução depois de um grande incêndio em 1816.

PRIMAVERA EM NÁPOLES

O equilíbrio perfeito: quando o frio mais constante já foi embora e deu lugar a uma Nápoles mais quente, mais florida, mas ainda sem a presença de tantos turistas. Uma oportunidade para conhecer uma cidade mais local enquanto o mar volta, aos pouquinhos, a ser o elemento principal.  E para aproveitar a meia estação, que vai de 21 de Março a 20 de Junho, existem muitas atividades especiais.

A temperatura varia entre 10°C a 20°C, o que é considerado mais frio do que o outono; porém, nesse momento, os dias são mais longos. Se o Sol já está esquentando, tomar um aperitivo na Piazza Bellini fica ainda mais especial. Aliás, essa praça é, sem dúvidas, um dos locais favoritos dos napolitanos – e dos turistas também, por que não? – que desejam fazer um esquenta antes de ficar acordado até tarde da noite.

A recomendação da Travel é para visitar Parco Virgiliano em Posillipo, onde é possível apreciar a floração das plantas e as vistas deslumbrantes da baía. Além disso, uma das atividades que ficam ainda mais especiais é a caminhada ao Vesúvio, com vistas panorâmicas do vulcão ativo, e sem dividir tanto espaço com outros turistas. Aliás, os custos também não são tão altos como no verão. E para fechar com chave de ouro, embora a festa de San Gennaro seja em setembro, é na primavera que começam os preparativos!

 

MELHOR ÉPOCA PARA IR A NÁPOLES

A melhor época para visitar Nápoles é no final da primavera, antes da chegada das multidões do verão; ou no início do outono, quando a altíssima temporada chega ao fim mas, o clima ainda está ensolarado e quente. Embora o inverno seja menos movimentado, oferecendo mais oportunidades de conhecer os habitantes locais, o tempo pode ser chuvoso.

A época do Natal é agitada em Nápoles, mas as muitas festividades e tradições festivas, incluindo a tradição napolitana de criar elaborados presépios (presépios) , fazem com que valha a pena uma visita, apesar das multidões de férias.

FERIADOS EM NÁPOLES

Para se programar melhor, fique por dentro dos feriados de Nápoles:

1º de Janeiro – Ano Novo – Feriado Irrenunciável
6 de Janeiro – Epifania
17 de Abril – Segunda-feira de Páscoa
25 de Abril – Dia da Libertação
1º de Maio – Dia do Trabalho – Feriado Irrenunciável
2 de Junho – Festa da República
15 de Agosto – Assunção de Maria
19 de Setembro – Festa de São Januário, padroeiro de Nápoles
1º de Novembro – Dia de Todos os Santos
8 de Dezembro – Imaculada Conceição
25 de Dezembro – Natal – Feriado Irrenunciável
26 de Dezembro – Santo Estêvão

 

DÚVIDAS SOBRE QUANDO IR A NÁPOLES

Algumas dúvidas sobre quando ir a Nápoles podem surgir. Pensando nisso, elaboramos as 5 principais perguntas a respeito do assunto:

1. Qual a época com melhor custo e benefício para ir a Nápoles?

As estações consideradas intermediárias. Ou seja, a Primavera e o Outono. Ambas possuem uma boa oferta de passagens aéreas, as diárias das hospedagens são mais acessíveis se comparadas com o inverno e o verão. Além de ter um clima nem muito quente, nem muito frio, e o momento onde o local e o turismo se encontram.

2. Quando neva em Nápoles?

Na verdade, raramente neva em Nápoles. A cidade tem invernos suaves e úmidos, com bastante chuva; porém, as temperaturas normalmente variam de 5°C a 15°C, o que torna neve um evento bem raro!

3. Há uma estação mais recomendada para curtir os eventos de Nápoles?

O mês de setembro é palco para dois grandes eventos da cidade: o PizzaFest e a Festa de San Gennaro! Saiba mais sobre os eventos da cidade na matéria completa.

4. Há passeios exclusivos de certas estações em Nápoles?

Em Nápoles, há passeios exclusivos para cada estação: na primavera, visitas a jardins e sítios arqueológicos; no verão, passeios de barco para ilhas e festivais ao ar livre; no outono, colheitas de vinho e passeios pela Costa Amalfitana; no inverno, mercados de Natal e caminhadas na natureza. Os meses mais quentes, de junho a agosto, são ideais para atividades aquáticas, porém também são os mais movimentados para o turismo na cidade.

5. Quais são os meses mais quentes em Nápoles?

Os meses mais quentes em Nápoles são geralmente de junho a agosto. Durante este período, as temperaturas médias diurnas variam de aproximadamente 25°C a 30°C.