O tango nasceu na Argentina (e no Uruguay), e, por isso, ir a uma apresentação de Tango em Buenos Aires se define como uma experiencia histórica, além de muito divertida. Seja em teatros, restaurantes ou até mesmo nas ruas.

A dança nasceu da mistura do italiano e espanhol, com batuque africano — inspirado no Candomblé — e batuque cubano –inspirado no habanera. Paixão, tristeza e sensualidade são traduzidos em passos expressivos e em coreografias complexas, e sempre ‘bailadas’ a dois.

 

CONQUISTOU SEU LUGAR

O tango, que hoje representa o país, teve que conquistar seu lugar. Isto é, a burguesia portenha rechaçava a dança, oriunda de escravos e pobres e, não obstante, normalmente praticada nas ruas, bordéis e bares. Demorou, portanto, para encontrar seu espaço entre a burguesia, interessada na dança apenas a partir da década de 30. E, ai sim, ocupando os grandes salões do país.

Aliás, vale ressaltar que o que ajudava a dar o tom marginalizado a dança é a necessidade do casal dançar tão perto, num movimento quase erótico. Mas, ainda sim, resistiu, se expandiu e sua historia esta marcada por dois momementos de ouro — na década de 20 e na década de 40. Justamente entre o reconhecimento dos olhares conservadores.

Na década de 20, o tango em Buenos Aires começou a fazer história. Nesse momento, usavam de instrumentos como violino, guitarra e flautas; com o tempo, foi incluído também o bandoneón. Depois, na década de 40, para além da melodia, introduziram as letras. E nessas mudanças, a dança foi se diversificando e do Canyengue, ritmo mais antigo, também virou Orillero, Tango de Salão, Milonguero, Nuevo Tango e Fantasia (Show Tango).

No mais, vamos a classificação da Travel de dois lugares, duas perspectivas, para prestigiar essa dança:

 

Bar Notable LES LAURELES

Experiencia local, no conforto de um casarão antigo de 1893, de decoração charmosa e tradicional-portenha.
Localizado no bairro Barracas, o bar esta um pouco afastado do epicentro da cidade — e talvez isso que garanta a sua autenticidade; e os preços justos. Aliás, nem a apresentação tem um valor pre estabelecido — ao final,  passam com um chapéu para recolher algo para os artistas.

Elogiado por sua comida, especialmente as empanadas, e pela carta de vinho. Além disso, o destaque desse tango em Buenos Aires é a atmosfera intimista e familiar, que convida a dançar sob a luz-farol-amarela, no piso de xadrez, ao som de musica ao vivo de qualidade (sextas e sábados). Aliás, antes das 20h tem ate aula de dança (e o professor fala inglês).

Foto: Javier Pierini

Foto: Javier Pierini

Rua Iriarte, 2290 (Barracas).

 

 

Complejo Belgrano

 

A pegada é mais de um show, ainda que o espaço seja uma casa pequena e intimista.
Além de uma apresentação de qualidade, que mais do que so uma dança eh também uma peca teatral com musicas de primeira, é servido um jantar completo.  No valor do ingresso, está incluso entrada, prato principal e sobremesa; alias, para quem reserva através de agencias, eh possível também conseguir transfer ida e volta, por um custo

A apresentação tem duração de 3 horas; e  e o custo, aproximado, eh de R$ 200 por pessoa — quando realizado por meio de uma agencia, e incluindo o tranfer.

Inclusive, no site oficial eh possível acompanhar a programação e ainda realizar a reserva.

Foto: Viator

Foto: Viator

Av. Gral. Tomás de Iriarte 2290